×

Picada de lacraia em cachorro: como agir e prevenir

cachorro picado por uma lacraia

Picada de lacraia em cachorro: como agir e prevenir

Picada de lacraia em cachorro: como agir e prevenir

Você sabia que a presença de lacraias em casa pode trazer sérios problemas para os seus pets, como cachorros?

Apesar de serem animais peçonhentos, muitos acreditam que a picada de uma lacraia em cães não é perigosa. No entanto, é preciso ficar atento às suas reações, pois o ferimento pode evoluir para algo mais grave, principalmente se o seu pet for sensível ao veneno.

Neste blog, vamos falar sobre como agir em caso de picada de lacraia em cachorro e, principalmente, como prevenir a sua presença em casa.

Leia mais e mantenha o seu pet seguro e saudável.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

O que é uma lacraia e onde é encontrada?

A presença de lacraias em áreas residenciais é muito comum, principalmente se você mora perto de uma área verde. Se você tem um cachorro, é importante ficar atento pois a picada de lacraia pode causar dores no seu pet, além de inchaços e vermelhidão na pele.

Nesse texto, vamos explicar o que é uma lacraia, onde é encontrada, como as lacraias se comportam e o que fazer em caso de picada de lacraia em cachorro.

As lacraias são animais que pertencem à classe dos artrópodes. Elas possuem diversas pernas e seu corpo é dividido em segmentos. As lacraias geralmente são noturnas e se escondem em locais escuros e úmidos durante o dia.

Características de uma lacraia

As lacraias possuem uma coloração marrom-acinzentada e podem atingir até quinze centímetros de comprimento. Elas possuem diversas pernas, podem chegar a ter cem ou mais, e são dotadas de veneno que usam para caçar suas presas.

Áreas onde as lacraias são encontradas

As lacraias podem ser encontradas em áreas externas da casa, como quintais, hortas e vasos, em jardins e até mesmo em ambientes internos, como armários, banheiros e lavanderias. Elas preferem locais escuros e úmidos, como frestas de paredes, esgotos, encanamentos, calhas e rodapés.

Coronavirose
Coronavirose

Comportamento das lacraias

As lacraias são animais solitários e, por isso, não costumam atacar os pets. Elas picam apenas quando se sentem ameaçadas ou se alguém está mexendo no seu território. Além disso, as lacraias se reproduzem com muita facilidade e isso significa que, normalmente, onde existe uma lacraia provavelmente existem outras.

Picada de lacraia em cachorro: o que fazer?

As lacraias são animais peçonhentos que podem trazer problemas para os cães, especialmente aqueles que gostam de ficar em áreas externas da casa, como jardins e quintais. A picada de lacraia em cachorro, em geral, causa sintomas leves como inchaço e dor na área atingida, que costumam desaparecer naturalmente poucas horas depois. Entretanto, em casos mais graves, os sintomas podem se agravar e exigir tratamento especializado.

Sintomas da picada de lacraia em cachorro

Os principais sintomas da picada de lacraia em cachorro são inchaço, vermelhidão, dor e coceira na área atingida. O animal também pode apresentar insônia, febre, vômito e diarreia. Em casos mais graves, o cachorro pode ter uma reação alérgica, que pode levar à dificuldade respiratória e à queda da pressão arterial. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas e levá-lo ao veterinário assim que perceber sinais anormais.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

Como agir em caso de picada

Se o seu cachorro for picado por uma lacraia, a primeira coisa a fazer é manter a calma e lavar o local com água e sabão neutro. Em seguida, aplique gelo para reduzir o inchaço e a dor. Caso o animal apresente sintomas mais graves, como tremores, febre e indisposição, leve-o imediatamente ao veterinário. Nunca tente desintoxicar o seu cão com algum corte, leite ou outro método caseiro, pois isso pode piorar a situação.

O recomendado é sempre ficar de olho no seu cachorro para se certificar de que ele está bem. E caso você perceba algo de anormal, leve-o a um profissional, pois assim o pet receberá os cuidados e medicamentos apropriados.

Tratamento para picada de lacraia em cachorro

O tratamento para picada de lacraia em cachorro depende da gravidade do quadro. Em casos leves, o animal pode ser tratado com medicamentos anti-inflamatórios e antialérgicos. Já em casos mais graves, pode ser necessário o uso de soro antiescorpiônico ou até mesmo a internação do cão para monitorar sua recuperação.

Portanto, se o seu cachorro apresentar sintomas de que foi picado por lacraias ou qualquer outro bicho, como inchaço na pele ou de vômitos, febre e indisposição, a primeira coisa a se fazer é levá-lo ao veterinário. Não tente fornecer quaisquer medicamentos sem prescrição veterinária, pois isso pode agravar o quadro do animal.

Choque elétrico em cães e gatos
Choque elétrico em cães e gatos

A picada de lacraia em cachorro pode causar sintomas leves ou graves, dependendo do tempo de contato com o animal, quantidade de lacraias e sensibilidade do pet. É importante ficar atento aos sintomas e levá-lo ao veterinário assim que perceber sinais anormais. Além disso, a prevenção da presença de lacraias em casa é fundamental para evitar problemas de saúde para o seu animal de estimação.

Prevenção da presença de lacraias em casa

A presença de lacraias em áreas residenciais é muito comum, principalmente se você mora perto de uma área verde. Normalmente, os locais em que elas se escondem e criam ninhadas são buracos ou fendas que têm algum acesso a esgotos e encanamentos.

Para evitar a proliferação de lacraias em casa, a primeira medida é manter a limpeza dos ambientes, pois essa é a forma mais eficaz de evitar a formação de ninhos desses insetos peçonhentos. Além disso, é importante manter o ambiente seco, uma vez que as lacraias são animais de hábitos noturnos e gostam de ambientes escuros e úmidos.

Os locais mais comuns onde as lacraias se escondem em casa são os ralos do banheiro e da cozinha, os rodapés, atrás de móveis e eletrodomésticos, em frestas de paredes e teto, e em objetos que estejam encostados nas paredes, como casinhas de cachorro e baldes.

Cefadroxila
Cefadroxila

Para prevenir a presença de lacraias em casa, é preciso estar sempre atento e adotar algumas medidas simples de limpeza e organização:

  • Mantenha os ralos do banheiro e da cozinha sempre limpos e fechados quando não estiverem sendo usados;
  • Tampe os buracos e fendas existentes nas paredes, rodapés e móveis com silicone ou argamassa;
  • Não acumule objetos ou móveis encostados nas paredes, pois isso dificulta a limpeza e cria espaços propícios para a formação de ninhos de lacraias;
  • Faça uma limpeza periódica em hortas e vasos de plantas, pois esses locais são propícios para a formação de ninhos de lacraias;
  • Ao ver uma lacraia em casa, não a mate com o chinelo ou uma vassoura, pois isso pode fazer com que o veneno se espalhe pelo ambiente. A melhor opção é capturá-la com uma pinça ou outro objeto similar e depois liberá-la em um local adequado.

Uma boa solução para acabar com a infestação de lacraias é fazendo uma dedetização de tempos em tempos ou uma boa limpeza com cloro e sprays específicos para esse tipo de limpeza. Ao aplicar uma dose alta de veneno no local onde elas criam suas ninhadas, elas não irão se proliferar mais.

Picada de inseto em cachorro
Picada de inseto em cachorro

Seguindo essas medidas preventivas simples, você conseguirá manter a sua casa segura e livre da presença de lacraias e outros insetos peçonhentos que colocam em risco a saúde do seu cachorro e da sua família.

Considerações finais

A presença de lacraias em áreas residenciais é comum, sobretudo em locais próximos a áreas verdes. Por isso, é fundamental que os donos de pets fiquem atentos para evitar que o cachorro seja picado por esses animais peçonhentos.

Em caso de picada, é preciso levar o pet ao veterinário imediatamente e nunca tentar fazer tratamentos caseiros. Mesmo que a picada de lacraia em cachorro não apresente riscos à saúde do pet em geral, é importante estar ciente de que a reação pode variar dependendo da quantidade de picadas, da sensibilidade do animal e da espécie da lacraia.

Para evitar a presença de lacraias em casa, é importante manter limpos os locais onde as lacraias podem se esconder, como buracos e fendas perto de esgotos e encanamentos. Uma dedetização frequente também pode evitar que as lacraias criem ninhos em casa.

Proteger o seu pet é fundamental, e a prevenção é o melhor remédio.

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link