×

Cachorro com olho inchado: possíveis causas e tratamentos

cachorro com olho inchado

Cachorro com olho inchado: possíveis causas e tratamentos

Cachorro com olho inchado: possíveis causas e tratamentos

Cuidar da saúde do seu cão é fundamental para garantir seu bem-estar.

Quando notamos que nosso melhor amigo está com alguma alteração, precisamos estar atentos e agir rapidamente.

Um sintoma que pode indicar problemas de saúde em cães é o olho inchado.

As causas podem variar desde alterações congênitas até traumatismos, alergias e infecções.

Neste artigo, você irá descobrir as possíveis causas para um cachorro com olho inchado e quais os tratamentos indicados para cada caso.

Causas congênitas

O inchaço nos olhos dos cães pode estar ligado a uma série de problemas de saúde que vão desde alterações congênitas até traumatismos, passando por alergias e infecções. É importante levar o pet ao veterinário assim que surgirem suspeitas, pois o inchaço pode colocar em risco a visão do animal. Continue lendo para saber as possíveis causas de cachorro com olho inchado.

Os cães que possuem olhos proeminentes, como os braquicefálicos, podem apresentar problemas de saúde relacionados à região ocular. O inchaço nos olhos, especialmente desses cães, pode estar relacionado a causas congênitas.

cachorro com Ictericia
cachorro com Ictericia

Problemas de saúde em cães com olhos proeminentes incluem, entre outros, lesões na córnea, úlceras e prolapso da terceira pálpebra. O pet com essas condições precisa receber tratamento imediato, pois seus olhos são mais sensíveis e correm mais risco de sofrerem lesões graves.

Ferimentos provocados por quedas, batidas ou brigas com outros cães podem causar inchaço no olho do animal. Por isso, é importante levar o pet ao veterinário rapidamente, pois ele pode estar sofrendo com dor e outros ferimentos.

As alergias também costumam ser uma causa comum de inchaço nos olhos dos cães. Conjuntivites alérgicas causadas por fatores externos podem deixar o animal com o olho coçando e vermelho. Além disso, outros sintomas como lacrimejamento excessivo e sensibilidade à luz também podem estar presentes.

Os cães estão sujeitos a diversas infecções que podem causar inchaço nos olhos. Conjuntivites bacterianas, virais, fúngicas e parasitárias são algumas das causas mais comuns. É importante levar o pet ao veterinário para que ele possa fazer o diagnóstico correto e prescrever o tratamento adequado.

O glaucoma é um problema oftálmico bastante perigoso que afeta cães de raças predispostas, como Poodle, Buldogue Francês e Basset Hound. Ele é causado pelo aumento da pressão intraocular e pode levar à cegueira se não for tratado a tempo. Entre os principais sintomas estão inchaço no olho, remela e vermelhidão.

Um olho de cachorro inchado e inflamado também pode ser resultado do surgimento de massas palpebrais ou na conjuntiva. É importante levá-lo ao veterinário para identificar rapidamente se são tumores benignos ou malignos. O tratamento pode incluir remoção cirúrgica da massa.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

O diagnóstico do inchaço nos olhos do cão é feito por meio de uma boa anamnese e exames, como teste de Fluoresceína e pressão intraocular. O tratamento vai depender da causa da afecção e pode incluir cirurgia, uso de medicamentos tópicos e/ou sistêmicos, colírios e antibióticos. Procure um veterinário assim que notar algo de errado com o seu pet.

Traumatismos

Os cachorros estão sempre em movimento, pulando, correndo e, às vezes, se metendo em confusão. Por isso, é comum que alguns deles sofram algum tipo de traumatismo, que pode resultar em um olho inchado e dolorido.

As causas incluem quedas, batidas ou brigas com outros cães. Portanto, é importante prestar atenção ao comportamento do seu pet e verificar se ele está machucado.

O inchaço local pode ser acompanhado de outros sinais, como lacrimejamento excessivo, dificuldade para abrir ou fechar as pálpebras e sensibilidade ao toque. Se o cachorro tentar esfregar o olho em algum lugar ou apresentar um comportamento mais agressivo que o usual, pode ser um sinal de dor.

Em casos de suspeita de traumatismo, é importante levar o pet ao veterinário o mais rápido possível para avaliar a gravidade da lesão e iniciar o tratamento adequado.

Dependendo da causa, o tratamento pode incluir a administração de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos, bem como procedimentos cirúrgicos em casos mais graves.

cachorro tomando prebiotico
cachorro tomando prebiotico

Lembre-se de que o diagnóstico precoce é fundamental para garantir a saúde ocular do seu amiguinho.

Alergias

Se o seu cachorro está com o olho inchado e você suspeita que seja uma conjuntivite alérgica, é importante identificar os fatores desencadeantes para evitar uma nova crise.

Os principais alérgenos que podem afetar os olhos dos cães são a poeira, os ácaros, a fumaça de cigarro, o pólen e os produtos de limpeza.

Para minimizar a exposição do seu pet, você pode tentar manter a casa limpa, evitar o contato com a fumaça do cigarro e reduzir a exposição ao ar livre durante períodos de alta contagem de pólen.

Caso o problema persista, o veterinário poderá prescrever um tratamento para controlar os sintomas, como colírios antialérgicos ou pomadas oftálmicas.

Lembre-se sempre de buscar ajuda profissional quando notar sintomas incomuns em seu pet.

Infecções

As infecções oculares são uma das principais causas de cachorro com olho inchado. Elas podem ser causadas por diversos tipos de agentes, como bactérias, vírus, fungos e parasitas.

Mancha branca no olho
Mancha branca no olho

A conjuntivite é a infecção ocular mais comum nos cães e pode ser causada por agentes infecciosos ou outros fatores, como traumas, ressecamento ocular ou presença de corpo estranho. Os sintomas da conjuntivite incluem olho inchado e vermelho, lacrimejamento excessivo, sensibilidade à luz e coceira.

Outra infecção ocular comum em cachorros é a uveíte, caracterizada pela inflamação da região uveal dos olhos, o que pode levar à formação de coágulos de sangue e perda de visão.

Por isso, é importante levar o seu pet ao veterinário quando perceber qualquer alteração nos olhos, para que a causa do problema seja descoberta e o tratamento seja iniciado o quanto antes.

O diagnóstico é feito através de uma boa anamnese e exames, como teste de Fluoresceína e pressão intraocular, e o tratamento varia de acordo com a causa da afecção.

Glaucoma

O Glaucoma é outra doença oftálmica que causa aumento da pressão intraocular em cães de raças predispostas como Poodle, Buldogue Francês e Basset Hound.

Infecção de Ouvido
Infecção de Ouvido

Essa condição ocorre quando os fluidos oculares não circulam ou não são drenados corretamente, causando a pressão intraocular que prejudica a irrigação da retina e do nervo óptico.

Se não tratada, pode levar à cegueira. O cachorro com olho inchado e coçando, remelando e apresentando vermelhidão e coceira pode estar sofrendo de glaucoma.

É importante procurar um veterinário com urgência para evitar complicações graves. O tratamento da glaucoma envolve o uso de colírios especiais para diminuir a pressão ocular.

Massas na pálpebra ou conjuntiva

Massas na pálpebra ou conjuntiva podem resultar no inchaço e inflamação de um olho de cachorro. Essas massas podem surgir na parte interna da pálpebra ou na conjuntiva, a mucosa que reveste essa área.

Nem sempre essas massas são malignas; algumas, como os papilomas de origem viral, são benignas e não causam outras complicações. No entanto, dependendo de sua localização, podem afetar a qualidade de vida do cachorro.

Por outro lado, algumas massas podem ser indicativas de neoplasias malignas, ou seja, tumores. A remoção é necessária para prevenir complicações graves. É crucial procurar um veterinário com urgência para avaliar e tratar essas condições.

cachorro picado por uma formiga
cachorro picado por uma formiga

O tratamento e a remoção cirúrgica das massas palpebrais ou na conjuntiva são essenciais. Quanto mais cedo a causa for identificada, maiores são as chances de recuperação total do animal.

Independentemente de ser benigna ou maligna, o acompanhamento veterinário é crucial para garantir a saúde e o bem-estar do animal.

Diagnóstico e tratamento

Diagnóstico e tratamento são essenciais ao perceber um olho inchado no seu cachorro. A busca por um médico-veterinário deve ser rápida. O diagnóstico envolve uma boa anamnese com o tutor e exames, como teste de Fluoresceína e pressão intraocular.

Em muitos casos, é crucial a avaliação de um médico-veterinário oftalmologista para um diagnóstico preciso. O tratamento varia conforme a causa da afecção. Iniciar o tratamento o mais cedo possível é crucial para o bem-estar do animal.

cachorro com bico de papagaio
cachorro com bico de papagaio

Colírios e pomadas são suficientes em situações simples. Porém, lesões graves ou infecções podem requerer cirurgia ou remédios mais fortes, como antibióticos e anti-inflamatórios.

Evite o sofrimento do seu pet com a dor do olho inchado. Leve-o ao veterinário o quanto antes para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado. Siga rigorosamente as instruções do médico, administrando os medicamentos na dosagem correta e pelo tempo indicado, garantindo a recuperação saudável do seu cachorro.

Conclusão

Um cachorro com olho inchado pode indicar problemas de saúde bem diferentes, desde alergias até tumores malignos.

O diagnóstico correto depende de exames e uma conversa detalhada com o tutor.

O tratamento pode envolver cirurgia, colírios e até mesmo a remoção de tumores.

Cuidar da saúde ocular dos cães é fundamental para evitar complicações que podem resultar em cegueira.

Sempre que houver suspeita de problemas nos olhos do pet, é importante consultar um veterinário o quanto antes.

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link