×

11 Práticas Sustentáveis para Consultórios Veterinários

11 Práticas Sustentáveis para Consultórios Veterinários

“11 Práticas Sustentáveis para Consultórios Veterinários”

A sustentabilidade é um tema cada vez mais presente na sociedade atual. Na busca por um futuro melhor, empregar práticas mais sustentáveis nos negócios se torna uma necessidade.

E isso não é diferente para clínicas veterinárias. Afinal, adotar hábitos sustentáveis pode gerar benefícios para o meio ambiente e também para o próprio negócio.

Neste artigo, apresentaremos 11 práticas sustentáveis para clínicas veterinárias, que visam tornar o seu estabelecimento uma referência em sustentabilidade e alinhado às tendências do mercado atual. Venha conferir e aprender como ser um agente transformador em sua comunidade!

Práticas sustentáveis para consultórios veterinários

A sustentabilidade é um tema cada vez mais presente nas discussões atuais. Cada vez mais, empresas buscam práticas sustentáveis para se alinharem às tendências do mercado e minimizarem o impacto de suas atividades no meio ambiente.

Clínicas veterinárias não ficam de fora dessa discussão e, por isso, trazemos aqui algumas práticas sustentáveis que podem ser implementadas em seu estabelecimento.

Práticas sustentáveis para consultórios veterinários

Captação de água de chuva

A captação de água pluvial pode ser realizada em residências e pontos comerciais com baixo investimento. Índice pluviométrico, área de telhado e demanda hídrica são informações importantes para o sucesso do projeto, que pode alcançar uma economia de até 25%. A água captada pode ser utilizada para irrigação de jardins, descarga em bacias sanitárias e limpeza de áreas externas, como garagens e calçadas. Economia para o bolso e para o meio ambiente!

Energia solar fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é uma prática sustentável que gera menor degradação do meio ambiente e redução dos custos com energia elétrica. Com a evolução da tecnologia, o tempo de retorno do investimento em energia solar fotovoltaica está cada vez menor e várias instituições financeiras já possuem linhas de crédito com baixas taxas de juros para projetos sustentáveis. Além disso, é possível armazenar energia elétrica para uso posterior em baterias e o excesso de energia gerada pode ser vendido para a concessionária local. A instalação de painéis solares é uma forma de gerar energia sustentável e ainda economizar na conta de luz.

Gestão de resíduos

As clínicas veterinárias lidam com diversos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) que devem receber a adequada gestão e destinação. É importante seguir as regras relacionadas ao descarte e gerenciamento desses resíduos para evitar danos ao meio ambiente e à saúde pública. Certifique-se de que seu estabelecimento veterinário tenha os procedimentos estabelecidos para a geração, classificação e descarte de resíduos – ou seja, implante e realize o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS).

Conscientização

Compartilhar boas práticas e conhecimento é uma das melhores formas de promover o desenvolvimento socioambiental de forma sustentável. Médicos veterinários podem realizar palestras para crianças, em escolas, ou para a comunidade em geral, abordando temas como maus tratos animais, nutrição, castração, higiene, vacinação e adoção responsável. Promover a conscientização é uma forma efetiva de contribuir para a construção de um futuro sustentável.

Descarte correto de vísceras e corpos de animais

É essencial que os estabelecimentos veterinários cumpram as regras de descarte de partes animais. De acordo com as normas do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), as instituições devem manter as vísceras e corpos de animais refrigerados para aguardar o serviço especializado que recolhe esses itens. Cumpri-las é fundamental para evitar riscos à saúde pública e contribuir para o bem-estar animal.

Duchas econômicas

Reduzir o consumo de água é uma das principais atitudes sustentáveis para todas as empresas. Nesse sentido, as clínicas veterinárias podem utilizar modelos econômicos de ducha para o banho dos pets. Essa prática é efetiva para reduzir gastos e evitar o desperdício de água.

Reaproveitamento e economia de água

O reaproveitamento de água é uma prática muito importante em estabelecimentos veterinários, onde a limpeza deve ser constante. Uma ação prática é reaproveitar a água para limpar os ambientes. Além disso, é importante reduzir o uso de mangueiras para lavar o local e não exagerar no uso de produtos de limpeza.

Plano de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde

Todas as instituições na área da saúde são obrigadas a seguir algumas regras relacionadas ao descarte e gerenciamento de resíduos. É fundamental que as clínicas veterinárias tenham um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) para a geração, classificação e descarte adequado de resíduos como perfurocortantes e infectantes, embalagem de vacinas ou medicamentos, animais post mortem, tecidos ou órgãos resultantes de cirurgias, sobras de alimentação, materiais radioativos, entre outros.

Gerenciamento de estoque

Clínicas veterinárias lidam com diversos produtos perecíveis, como rações, petiscos e medicamentos, que precisam ser armazenados e conservados da maneira correta. Adotar medidas como escolher fornecedores confiáveis, tomar cuidados de segurança ao armazenar os produtos e ficar de olho no prazo de validade são formas de contribuir para a sustentabilidade de seu estabelecimento e evitar desperdícios de material.

Redução do consumo de papel

Atualmente, o consumo de papel em empresas pode ser reduzido significativamente com a ajuda da informatização. Com um software veterinário, é possível armazenar todos os dados dos clientes e pacientes na nuvem, enviar Nota Fiscal por e-mail e ainda visualizar relatórios online, gerando grande economia de impressões e, consequentemente, de papel.

Padronização do consumo

Padronizar o consumo de produtos para evitar o desperdício em clínicas veterinárias é uma prática importante para a sustentabilidade. Ao adotar essa medida, é possível elaborar uma lista de produtos necessários e estipular uma frequência de compra que minimize os gastos.

A adoção de práticas sustentáveis é importante para o meio ambiente e para os negócios. Clínicas veterinárias podem contribuir para a construção de um futuro melhor implementando tais práticas.

A captação de água de chuva, a energia solar fotovoltaica, a gestão de resíduos, a conscientização, o descarte correto de vísceras e corpos de animais, as duchas econômicas, o reaproveitamento e economia de água, o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, o gerenciamento de estoque, a redução do consumo de papel, a padronização do consumo são práticas simples que fazem a diferença. Ao adotá-las, estabelecimentos veterinários se alinham às tendências do mercado e garantem a sustentabilidade de seu negócio para os anos que virão.

Conclusão

A adoção de práticas sustentáveis em consultórios veterinários é fundamental para garantir o futuro do meio ambiente e do negócio. Além de ajudar na preservação do planeta, a implementação de ações sustentáveis pode resultar em uma ótima relação custo-benefício para a empresa. Portanto, é importante que o setor veterinário saiba as formas de tornar seus serviços sustentáveis.

Os benefícios de práticas sustentáveis para o meio ambiente são inegáveis. Eles ajudam a reduzir os impactos ambientais negativos, reduzem desperdícios e geram economia de recursos naturais. No entanto, a adoção de práticas sustentáveis não traz benefícios apenas para o meio ambiente. Para o negócio, a implementação dessas ações pode trazer redução de custos, fidelização de clientes e uma melhor imagem perante a sociedade.

Adotar práticas sustentáveis não é apenas uma questão financeira ou de preservação do meio ambiente, é um compromisso com um futuro melhor que deve ser assumido pelos estabelecimentos veterinários. O setor veterinário, assim como outras áreas de negócio, precisa começar a desempenhar um papel mais ativo na luta contra as mudanças climáticas. Ao implementar práticas sustentáveis, a empresa dá um importante passo nesse sentido.

Por fim, é fundamental destacar que a sustentabilidade deve estar presente em todas as áreas do negócio veterinário, desde o estoque até a forma como os resíduos são gerados e descartados. Além disso, a conscientização também é essencial para garantir a continuidade dessas práticas. Se cada consultório veterinário se comprometer com ações sustentáveis, estaremos cada vez mais próximos de construir um futuro melhor para todos. Vamos lá!

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link