×

Carne no olho do cachorro: como tratar o “Cherry Eye”

Cherry Eye

Carne no olho do cachorro: como tratar o “Cherry Eye”

Carne no olho do cachorro: como tratar o “Cherry Eye”

Ter um cachorro em casa é um presente muito especial, que traz muitas alegrias e companhia para nossas vidas.

Porém, como todo animal, os cães também estão sujeitos a problemas de saúde, inclusive em seus olhos.

Um desses problemas, que pode parecer estranho e assustar muitos tutores, é a carne no olho do cachorro, conhecida como “Cherry Eye”.

Apesar de não ser uma condição comum, é importante saber identificar e tratar esse problema para garantir a saúde ocular dos nossos pets.

Neste post, vamos explicar o que é o “Cherry Eye”, suas possíveis causas, sintomas, tratamentos e como prevenir. Acompanhe!

O que é carne no olho do cachorro?

Você, tutor de cachorro, já ouviu falar do “cherry eye”? Trata-se de uma condição que causa uma carne no olho do cachorro e a boa notícia é que tem tratamento.

Neste artigo, vamos explicar o que é carne no olho do cachorro, suas causas e sintomas.

Conceito:

O termo técnico para essa condição é prolapso da glândula da terceira pálpebra. É comum que as pessoas o chamem de cherry eye por conta da aparência das glândulas inflamadas, que parecem uma cereja.

cachorro com febre
cachorro com febre

Causas:

Essa condição ocorre quando a glândula que produz lágrimas na terceira pálpebra se projeta para fora do olho. As causas para isso ocorrer ainda não são bem claras, mas estima-se que fatores genéticos tenham um papel importante. Algumas raças são mais propensas a apresentar cherry eye, como os Bulldogs, Basset Hounds e os Cocker Spaniels.

O sintoma mais comum é a aparência da carne inflamada que fica visível na parte interna do olho do cachorro. Além disso, o pet pode apresentar lacrimejamento excessivo ou mesmo vermelhidão ocular.

No próximo tópico, vamos abordar um pouco mais sobre as melhores formas de tratar o cherry eye.

Tipos de tratamentos

Quando o assunto é saúde dos nossos pets, é fundamental estarmos sempre atentos aos sinais que o corpo deles aos envia. Apareceu uma carne no olho do cachorro? Fique tranquilo, você não está sozinho nessa e certamente encontrará neste artigo muitas informações úteis para entender o que se passa com o seu bichinho.

Também conhecida como “Cherry Eye”, a carne no olho do cachorro é um prolapso da glândula presente na terceira pálpebra do animal. Essa “bolinha” rosa ou vermelha que aparece no canto do olho pode ser facilmente confundida com uma conjuntivite ou alergia, mas requer atenção.

A causa exata do Cherry Eye é desconhecida, mas algumas raças são mais propensas a desenvolver essa condição, como os Buldogues e os Cocker Spaniels. Traumas oculares, infecções e até problemas genéticos podem influenciar no aparecimento dessas bolinhas no olho dos pets.

Tipos de tratamentos

Tratamento cirúrgico:

A cirurgia de reposicionamento da glândula é um dos tratamentos mais comuns para o Cherry Eye. O procedimento consiste em colocar a glândula lacrimal de volta no lugar, o que ajuda a eliminar o inchaço e, consequentemente, a carne saliente do olho do seu cachorro.

É importante lembrar que o tratamento pode variar de acordo com o tamanho da bolinha e do caso. Em casos mais extremos, o veterinário pode optar pela remoção completa da glândula lacrimal.

Pseudociese Canina
Pseudociese Canina

Tratamentos não cirúrgicos:

Além da cirurgia, outros tratamentos podem ser indicados pelo veterinário, como o uso de colírios, antibióticos ou anti-inflamatórios para ajudar na recuperação. A escolha do tratamento deve ser feita com base na avaliação do profissional, conforme a gravidade do caso.

  • Alimentação adequada: Assim como nós humanos, a alimentação dos animais pode influenciar diretamente na saúde deles. Por isso, oferecer alimentos de qualidade e com os nutrientes necessários é fundamental para prevenir diversas doenças, inclusive a carne no olho do cachorro.
  • Higiene ocular: Muitas pessoas acabam se descuidando da higiene ocular dos seus pets, mas essa é uma prática importante para prevenir uma série de problemas, incluindo o Cherry Eye. Limpar os olhos do cão com frequência, utilizando uma gaze ou algodão umedecido em soro fisiológico, pode ajudar a evitar a proliferação de bactérias.
  • Visitas regulares ao veterinário: Fazer visitas regulares ao veterinário é essencial para prevenir e identificar doenças precocemente. Além do check-up de rotina, é importante que os tutores estejam sempre atentos a qualquer alteração no comportamento ou na aparência do animal.

Neoplasias: O que são neoplasias? As neoplasias são basicamente tumores ou crescimentos anormais no corpo do animal. Esses crescimentos podem ser benignos ou malignos, e podem surgir em diversas partes do corpo, incluindo os olhos.

Não existe uma forma certa de prevenir o surgimento de neoplasias. Entretanto, é possível minimizar o risco de desenvolvimento da doença adotando bons hábitos de saúde para o pet e mantendo as visitas regulares ao veterinário em dia.

A carne no olho do cachorro pode parecer assustadora, mas com o diagnóstico e tratamento adequados, é possível controlar a condição e prevenir complicações.

Lembrando-se de manter a alimentação adequada, higiene ocular e visitas regulares ao veterinário, é possível garantir uma vida saudável e feliz para o seu pet. Se você notar algum sintoma de Cherry Eye no seu cãozinho, não hesite em procurar um veterinário de confiança. Cuide bem do seu companheiro e aproveite as experiências incríveis que um pet pode proporcionar.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

Como prevenir a carne no olho do cachorro

Se você é um tutor de cachorro, provavelmente entende o quão importante é manter a saúde do seu animal de estimação em dia. Isso envolve uma série de cuidados, incluindo alimentação adequada, exercícios físicos diários e visitas regulares ao veterinário. No entanto, muitos tutores não sabem que cães também podem desenvolver carne no olho, uma condição conhecida como “olho de cereja” ou “cherry eye”. Felizmente, há várias maneiras de prevenir e tratar esse problema.

Alimentação adequada:

Uma das melhores maneiras de prevenir o cherry eye é garantir que seu cão receba uma alimentação adequada e balanceada. Isso ajuda a manter a saúde do animal em geral e reduz o risco de problemas oculares.

Higiene ocular:

Manter a higiene ocular do seu animal de estimação também é crucial para prevenir a carne no olho do cachorro. Isso inclui limpar regularmente os olhos do seu cão com um pano úmido e toalhas de papel.

Infecção de Ouvido
Infecção de Ouvido

Visitas regulares ao veterinário:

Finalmente, é essencial agendar visitas regulares ao veterinário para detectar qualquer problema ocular em seu animal de estimação. Os veterinários podem ajudá-lo a identificar precocemente qualquer problema ocular, o que pode reduzir o risco de desenvolvimento de condições mais graves.

As neoplasias oculares em cães podem afetar diferentes áreas dos olhos. As mais comuns são a melanose conjuntival e o carcinoma de células escamosas. Ambas podem ocorrer em raças com olhos claros e sem pigmentação, como West Highland White Terrier e Cocker Spaniel Americano.

A prevenção de neoplasias oculares em cães começa com exames oftalmológicos regulares para detecção da condição precocemente. Também é importante manter a saúde do cachorro em dia, evitando exposição excessiva ao sol e proporcionando uma alimentação adequada.

Cuidar da saúde ocular de seu cachorro é crucial para garantir que ele tenha uma vida longa e saudável. Além de prevenir a carne no olho do cachorro, visitas regulares ao veterinário podem ajudar a identificar precocemente qualquer problema ocular mais grave.

cachorro ofegante
cachorro ofegante

Certifique-se de manter uma alimentação adequada, realizar uma higiene ocular adequada e prevenir neoplasias oculares por meio de medidas preventivas adequadas. Com esses cuidados, você pode garantir uma vida feliz e saudável ao seu animal de estimação.

Neoplasias

As neoplasias oculares são um tipo de câncer que pode afetar o olho do seu cachorro. Em alguns casos, pode causar uma aparência semelhante à carne no olho do cachorro, mas com algumas diferenças notáveis. Neoplasias não parecem um prolapso visível ocorrendo no olho, mas, em vez disso, pode causar um inchaço ou uma massa na pálpebra ou no globo ocular.

Os tumores oculares mais comuns incluem melanoma, adenoma de glândula da terceira pálpebra, hemangioma e hemangiossarcoma. A exposição excessiva ao sol pode aumentar a probabilidade de melanoma ocular.

Como as neoplasias são um tipo de câncer, é fundamental receber tratamento rapidamente para garantir a saúde geral do seu pet. A prevenção de neoplasias oculares é, infelizmente, difícil, pois muitas vezes é uma condição relacionada à idade ou a fatores genéticos.

cachorro com choque
cachorro com choque

No entanto, é importante manter as visitas regulares ao veterinário para que seja possível detectar potenciais neoplasias oculares e tratá-las o mais rapidamente possível. Também pode ser útil limitar o tempo de exposição ao sol do seu cachorro, especialmente se ele for de uma raça com risco aumentado.

A carne no olho do cachorro pode ser uma condição assustadora para os donos de cães, mas com o tratamento adequado, muitas vezes é possível uma recuperação completa. Prestar atenção aos sinais, garantir a alimentação adequada e manter a higiene ocular também podem ser úteis na prevenção de muitas condições oculares em cães. Ao tomar essas medidas preventivas e seguir as recomendações do veterinário, você pode manter seus bichinhos saudáveis ​​e felizes por muitos anos.

Conclusão

Em um resumo geral, a carne no olho do cachorro é um problema comum que pode ser tratado com sucesso com a ajuda do veterinário. Existem opções de tratamento cirúrgico e não cirúrgico disponíveis para ajudar seu pet.

É importante prevenir a carne no olho do cachorro praticando uma boa higiene ocular, mantendo uma alimentação saudável e equilibrada e consultando regularmente o veterinário. Com a conscientização e o cuidado adequado, podemos manter a saúde ocular dos nossos amados pets e evitar complicações futuras.

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link