×

Tecnologia 3D na fabricação de próteses e órteses para animais

Tecnologia 3D na fabricação de próteses e órteses para animais

Tecnologia 3D na fabricação de próteses e órteses para animais

A tecnologia 3D vem revolucionando a medicina veterinária, permitindo a fabricação de dispositivos anatômicos e personalizados, como próteses e órteses, que devolvem a mobilidade a animais deficientes. Essa técnica permite a produção de peças exclusivas, com materiais biocompatíveis e de alta resistência, sem causar rejeições ou desconfortos aos bichinhos.

Além disso, a impressão 3D também é utilizada para produzir biomodelos, que permitem análises precisas em planejamentos cirúrgicos. Neste artigo, vamos entender como a tecnologia vem transformando a vida de animais e tutores e conhecer exemplos de sucesso na aplicação da impressão 3D na medicina veterinária. Acompanhe!

O que é a tecnologia 3D na medicina veterinária?

A tecnologia 3D tem sido revolucionária em vários campos e na medicina veterinária não é diferente. Ela vem permitindo a fabricação de dispositivos como próteses e órteses personalizadas, além de possibilitar a criação de biomodelos para análises cirúrgicas precisas. Tudo isso sem a necessidade de cirurgias invasivas em animais com deficiências. Neste artigo, veremos como a tecnologia vem sendo aplicada na medicina veterinária, como ela pode ajudar animais deficientes e quais são os benefícios desses dispositivos.

Breve história da tecnologia 3D

A tecnologia 3D surgiu em 1984, nos Estados Unidos, e consiste em imprimir separadamente as partes do objeto desejado, que são então combinadas para formar o produto final. Desde então, várias pesquisas foram realizadas para melhorar essa técnica e criar modelos mais precisos, utilizando diferentes materiais como plásticos flexíveis e de alta resistência, como o PLA.

Tecnologia 3D aplicada na medicina veterinária

Essa técnica vem sendo cada vez mais utilizada na medicina veterinária, principalmente para criar próteses e órteses personalizadas. Com ela, é possível fabricar órteses para ajudar nos movimentos dos membros ou coluna de animais deficientes. Além disso, as próteses sob medida também podem ser criadas, utilizando materiais biocompatíveis que não causam rejeição.

Como a tecnologia 3D pode ajudar animais deficientes

A utilização da tecnologia 3D na medicina veterinária tem sido extremamente útil para ajudar animais deficientes a recuperar sua mobilidade. Cadelinha Lola de Montes Claros, por exemplo, voltou a andar após ganhar uma cadeirinha de rodas feita em impressora 3D. A Chihuahua Guzzy também ganhou uma nova prótese adaptada ao seu corpo, permitindo que ela recuperasse a mobilidade completa.

Processo de fabricação de próteses e órteses com tecnologia 3D

A tecnologia 3D vem revolucionando a medicina veterinária, permitindo a fabricação de próteses e órteses personalizadas para animais deficientes. Mas como isso é possível? Abaixo, descrevemos o processo de fabricação desses dispositivos utilizando a tecnologia 3D.

Consulta e análise

O processo começa com a consulta e análise do caso pelo especialista em medicina veterinária responsável pelo paciente. Durante a consulta, é avaliado o tipo e grau de deficiência, a viabilidade da utilização de próteses ou órteses, além de outros fatores como o porte e peso do animal.

Elaboração do projeto

Com base nos dados citados no item anterior, os especialistas em tecnologia 3D e medicina veterinária começam a elaborar o projeto. Uma reunião é realizada em formato de brainstorm, trazendo todas as informações, vídeos, fotos e documentos necessários. Descobrindo os pontos frágeis do projeto e elaborando apoios de esforço e resistência. O desenho final do modelo a ser impresso com tecnologia 3D é feito em um software de engenharia específico para essa função, garantindo a precisão e a qualidade que o projeto requer.

Impressão das peças em tecnologia 3D

No caso de próteses e órteses, primeiro são impressos protótipos, que passam por avaliação de design, provas de encaixe anatômicos, escala com o molde de gesso e resistência. Depois é iniciada a impressão de cada parte do dispositivo, seguida da avaliação individual de cada peça impressa e do teste de resistência total. Já para as cadeiras de rodas, serão impressas todas as peças em 3D, desde barras, conectores, ganchos, rodas e até os pneus com material flexível e adequado para a função de amortecimento.

Montagem do dispositivo

Seguindo o projeto inicialmente elaborado, a equipe especializada em tecnologia 3D reúne todas as partes, transformando as peças impressas no dispositivo que dará ao animal a mobilidade que antes não possuía. A fixação das órteses e próteses é feita de acordo com o projeto inicial, com cuidado para que o dispositivo fique ajustado perfeitamente ao corpo do animal e possa ser usado com segurança e conforto. Vale ressaltar que os dispositivos fabricados com a tecnologia 3D são leves, confortáveis e duráveis, permitindo que os animais possam realizar suas atividades com naturalidade.

A tecnologia 3D permitiu a fabricação de próteses e órteses personalizadas, que devolvem a mobilidade aos animais deficientes, promovendo uma melhor qualidade de vida. Além disso, essa tecnologia também permite a produção de modelos tridimensionais para análise detalhada e um planejamento cirúrgico mais preciso. Com todos esses benefícios, a tecnologia 3D na medicina veterinária pode ser considerada um grande avanço para a saúde animal.

Exemplos de sucesso da tecnologia 3D na medicina veterinária

A Chihuahua Guzzy nasceu sem as duas patas dianteiras e recebeu uma nova prótese, totalmente projetada e feita por meio de impressão 3D. O responsável foi o diretor de medicina veterinária e Zootecnia da Universidade do Vale do México, Santiago Garcia. O dispositivo, totalmente adaptado ao corpo, permitiu que a cadela recuperasse a mobilidade e pode ser trocado caso alguma peça se quebre. Essa é uma das inúmeras histórias de sucesso da tecnologia 3D na medicina veterinária.

cachorro com Hiponatremia
cachorro com Hiponatremia

A impressão tridimensional tem sido utilizada com grande frequência na produção de próteses e órteses para animais deficientes, permitindo uma melhoria significativa na qualidade de vida desses bichinhos.

Cadeirinha de rodas para cadelinha Lola

Em Montes Claros (MG), a cadelinha paraplégica Lola voltou a andar após ganhar uma cadeirinha de rodas especialmente desenvolvida para ela pela equipe da 3D Clínica. A fabricação fez uso de tecnologia 3D, garantindo que o dispositivo se adaptasse perfeitamente às necessidades de Lola.

A cadeirinha de rodas é uma das órteses que podem ser produzidas com a tecnologia 3D. Além disso, a impressão tridimensional também permite a fabricação de próteses sob medida para os animais, garantindo conforto, leveza e durabilidade.

Dispositivos para animais especiais criados pela Pineal 3D

A Pineal 3D é uma startup que tem como objetivo criar dispositivos para animais deficientes, como cães, gatos, patos e cavalos, por meio da tecnologia 3D. Com seus projetos, a empresa busca levar maior qualidade de vida e felicidade aos bichinhos. Entre os dispositivos produzidos pela Pineal 3D estão as cadeiras de rodas, próteses e órteses sob medida para animais domésticos e silvestres de pequeno, médio e grande porte. A utilização de materiais biocompatíveis garante a segurança do animal, reduzindo também os riscos e o tempo de cirurgia.

cachorro com Lágrima ácida
cachorro com Lágrima ácida

Desse modo, o procedimento se torna mais eficiente e o animal recupera, em menor tempo, a sua mobilidade. Em resumo, a tecnologia 3D vem transformando a vida dos animais deficientes, permitindo a produção de dispositivos ultra modernos e anatômicos, como cadeiras de rodas e próteses sob medida. Essa tecnologia garante que os dispositivos se adaptem perfeitamente ao corpo do animal, sem causar algum desconforto ou dor. Com essa maneira inovadora de pensar a medicina veterinária, os animais têm a oportunidade de ter uma vida mais plena e feliz.

Benefícios da tecnologia 3D na medicina veterinária

A tecnologia 3D na medicina veterinária oferece diversos benefícios que estão melhorando a vida de animais deficientes. Entre eles, a personalização dos dispositivos é um dos destaques. Com a impressão 3D, é possível criar próteses e órteses sob medida para cada animal, levando em consideração sua anatomia e suas necessidades individuais. Isso resulta em dispositivos mais confortáveis e eficientes, que melhoram significativamente a qualidade de vida desses animais.

Outro benefício importante é o uso de materiais biocompatíveis na fabricação dos dispositivos. Na impressão 3D, é possível utilizar plásticos flexíveis e de alta resistência, como o PLA, que não causam rejeição e garantem a durabilidade e a leveza do dispositivo. Isso reduz o desconforto e o estresse do animal, além de prevenir complicações como infecções e inflamações.

Cachorro tomando Chá de Boldo
Cachorro tomando Chá de Boldo

Além disso, a tecnologia 3D na medicina veterinária contribui para a redução de riscos e tempo de cirurgia. Com a impressão de biomodelos e protótipos, é possível fazer uma análise detalhada e precisa da anatomia do animal e planejar a cirurgia com muito mais eficiência e segurança. Isso permite reduzir o tempo de cirurgia e os riscos de possíveis complicações.

Por fim, a tecnologia 3D na medicina veterinária é bastante promissora em termos de custo-benefício. Embora inicialmente possa parecer uma solução onerosa, o uso da impressão 3D na fabricação de dispositivos para animais deficientes é economicamente viável, sobretudo quando comparado a métodos tradicionais de fabricação, que muitas vezes requerem peças caras e importadas.

Em síntese, a tecnologia 3D vem revolucionando a medicina veterinária. A criação de próteses e órteses sob medida, a utilização de materiais biocompatíveis e a redução de riscos e tempo de cirurgia são apenas alguns dos inúmeros benefícios que a impressão 3D pode oferecer aos animais deficientes e seus tutores. Com um custo-benefício bastante atrativo, a tecnologia 3D tende a se consolidar ainda mais nesse setor, tornando-se cada vez mais um recurso indispensável para a melhoria da qualidade de vida dos animais.

Considerações finais

A tecnologia 3D tem permitido uma nova abordagem para a fabricação de próteses e órteses para animais deficientes. A personalização dos dispositivos, o uso de materiais biocompatíveis, a redução de riscos e tempo de cirurgia e o custo-benefício são benefícios proporcionados por essa tecnologia. Além disso, a impressão 3D tem uma grande adaptabilidade anatômica, o que permite a fabricação de próteses e cadeirinhas sob medida, proporcionando maior qualidade de vida e felicidade aos animais.

Exemplos de sucesso da tecnologia 3D na medicina veterinária incluem a prótese para Chihuahua Guzzy, a cadeirinha de rodas para cadelinha Lola e os dispositivos para animais especiais criados pela Pineal 3D. Esses casos demonstram a eficácia da tecnologia 3D na fabricação de dispositivos para animais, devolvendo sua mobilidade e proporcionando mais conforto e bem-estar.

A tecnologia 3D continuará a ser utilizada na medicina veterinária para produzir próteses e órteses de alta qualidade e personalizadas. É uma área de pesquisa relativamente nova e promissora, com grandes possibilidades de avanços futuros. A impressão 3D tem o potencial de revolucionar o campo médico veterinário, melhorando a qualidade de vida dos animais e redefinindo os limites da medicina veterinária moderna.

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link