Sangue na Urina de Cachorro ou Gato

gato no veterinario
gato no veterinario

Sangue na Urina de Cachorro ou Gato: Causas e Tratamentos

Não é incomum para tutores de gatos e cachorros perceberem seus animais urinando com sangue. A presença de sangue na urina pode ser um indicativo de problemas no trato urinário do animal, que podem ser causados por uma variedade de fatores.

Entender essas causas, sintomas e tratamentos torna-se fundamental para garantir a saúde e o bem-estar do seu bichinho de estimação. Neste artigo, iremos abordar as principais causas de gato ou cachorro urinando sangue, como diagnosticar o problema, sintomas adicionais que devem ser monitorados e tratamento para solucionar essa condição.

Venha aprender mais sobre a saúde do seu pet!

Causas

Causas Sangue na urina de gatos e cachorros pode ser um sintoma de diversas doenças e condições de saúde. É necessário um diagnóstico preciso para que o tratamento correto seja administrado.

Nesta seção, discutiremos as causas da presença de sangue na urina. Cistite é a inflamação ou infecção da bexiga e é uma das causas mais comuns de urina sanguinolenta nos felinos. Outras causas incluem vaginite ou prostatite, que é a inflamação ou infecção da vagina ou próstata, respectivamente.

gato no veterinario
gato no veterinario

Tumores no trato urinário, como carcinoma de bexiga ou câncer genital, e tumor renal ou lesão nos rins também podem causar sangue na urina. A presença de cálculo renal, ou pedra nos rins, alterações congênitas no trato urinário e vermes, como o Dioctophyma renale, que infecta o rim, também podem causar urina sanguinolenta.

Intoxicação e trauma são outros motivos possíveis. DTUIF ou doença do trato urinário inferior em felinos é uma categoria de doenças que afetam a uretra e a bexiga dos gatos. DTUIF é frequentemente associada a estresse e geralmente é caracterizada pela formação de cálculos, que causam obstrução da uretra.

Obstrução da uretra leva a uma incapacidade para urinar, o que pode causar destruição renal, desequilíbrio eletrolítico, acidose e morte. É importante levar seu gato ou cachorro ao veterinário o mais cedo possível se você ver sangue na urina, para garantir que seja feito o diagnóstico correto e o tratamento adequado seja administrado.

Diagnosticando o problema

Apesar de ver o seu gato ou cachorro urinando sangue ser um sinal claro de que algo não vai bem, é preciso identificar a causa do problema para que possa ser tratado de maneira adequada.

Para isso, o médico-veterinário precisará realizar uma série de exames para determinar a origem do sangramento. O primeiro passo será o exame físico, para que o profissional possa avaliar as condições gerais de saúde do seu animal de estimação. Além disso, é possível que sejam necessários exames laboratoriais como a urinálise, que analisará o xixi do animal, ultrassom, hemograma e raio X.

Esses exames serão importantes para que o médico-veterinário possa identificar problemas como infecções, inflamações, tumores, lesões ou até mesmo cálculos renais. Por isso, é muito importante que você leve seu animal de estimação ao veterinário assim que notar o sangramento na urina.

É importante ressaltar que o diagnóstico adequado é fundamental para que o seu pet possa receber o tratamento correto o mais rápido possível. Isso pode ser determinante para a recuperação da saúde do seu pet, pois algumas doenças podem se agravar se não forem tratadas precocemente.

Tratamento

Avaliar o quadro clínico do pet que está urinando sangue é a primeira etapa do tratamento. O veterinário irá determinar a causa do problema através de exames físicos e laboratoriais. A partir desse diagnóstico, o tratamento específico será indicado.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

Em alguns casos, pode ser necessário o uso de antibióticos para tratar uma infecção bacteriana. Para os cálculos renais, por exemplo, pode ser recomendada a cirurgia ou a utilização de medicação para dissolvê-los. Em casos de inflamações, os anti-inflamatórios são a indicação mais comum.

Em alguns casos, pode ser necessário que o pet seja internado para receber tratamento. O tratamento também pode incluir mudanças na alimentação e uma maior ingestão de água para facilitar a eliminação de toxinas.

O tratamento precoce de um pet que está urinando sangue é de extrema importância para a eficácia do tratamento. Portanto, é fundamental que o tutor observe e relate qualquer sinal incomum e também leve o pet ao veterinário regularmente para prevenir complicações. Lembre-se: a saúde do seu pet é uma questão de amor e responsabilidade.

Como saber se o gato ou cachorro está com sangue na urina

Identificar se o seu pet está urinando sangue pode ser um desafio, já que eles geralmente usam a caixa de areia ou a rua para fazer suas necessidades. Mas existem formas de perceber isso.

Uma opção é utilizar a areia sílica, que é mais clara e facilita a visualização da presença de sangue. Outra forma é prestar atenção na hora da limpeza da caixa de areia e, sempre que notar algo fora do comum, entrar em contato com o médico veterinário.

ouvido de gato
ouvido de gato

É possível também utilizar um tapete higiênico embaixo da areia, para que parte da urina chegue a ele, permitindo que você possa visualizar a cor do xixi. Se você notar que ele está mais avermelhado ou amarronzado, pode ser que seja o gato ou cachorro fazendo xixi com sangue.

Por isso, é importante ficar atento aos sinais e agir rapidamente em caso de suspeita, pois quanto mais cedo o problema for detectado, maiores as chances de sucesso no tratamento. Além disso, é essencial procurar um médico veterinário para receber orientações adequadas e um diagnóstico preciso. Com essas medidas, será possível garantir a saúde e o bem-estar do seu pet.

cachorro magro
cachorro magro

Conclusão

Sangue na urina do seu gato ou cachorro é um sinal de alerta. É importante que você leve o seu animal de estimação ao médico-veterinário o mais rápido possível para diagnóstico e tratamento adequados. As causas podem variar desde uma cistite até um tumor renal ou até mesmo intoxicação.

A realização de exames laboratoriais como urinálise, ultrassom, hemograma e raio-x pode ajudar o médico-veterinário a determinar a causa do problema. Também é importante ficar atento a sintomas adicionais como incontinência urinária, dificuldade em urinar, sinais de dor, falta de apetite e mudanças no comportamento do pet.

Lembre-se: quanto mais cedo o problema for diagnosticado, maiores serão as chances de sucesso no tratamento. Mantenha sempre a higiene do seu pet e leve-o regularmente ao médico-veterinário para exames de check-up. Cuide bem do seu animal de estimação!

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *