Como dar vermífugo para gatos sem estresse: 5 dicas práticas e eficazes

Como dar vermífugo para gatos
Como dar vermífugo para gatos

Como dar vermífugo para gatos sem estresse: 5 dicas práticas e eficazes

Quando se trata de dar remédio para gatos, muitos tutores já esperam por uma grande batalha, especialmente quando se trata de vermifugação. No entanto, essa medicação é extremamente importante para garantir que o animal não fique doente ou transmita parasitas para os tutores. Neste blog, você irá descobrir como dar vermífugo para gatos sem estresse, com cinco dicas práticas e eficazes que certamente irão ajudar você e seu pet a passar por essa tarefa sem grandes dificuldades.

Por que é importante vermifugar seu gato?

Dar remédio para os gatos pode ser uma tarefa complicada, especialmente quando se trata de vermifugação. No entanto, essa é uma prática essencial para garantir a saúde tanto dos felinos como de seus tutores. Neste artigo, vamos discutir a importância da vermifugação, bem como fornecer 5 dicas práticas e eficazes para dar vermífugo para gatos sem estresse.

gato com felv
gato com felv

A vermifugação é a prática de administrar medicamentos que eliminam endoparasitas em animais de estimação. Parasitas internos como vermes podem ser facilmente contraídos através de vários fatores, incluindo alimentos e ambiente. Isso pode ser prejudicial tanto para a saúde do gato como para os seus tutores.

Os parasitas internos podem prejudicar a saúde do gato, afetando o sistema digestivo, o sistema respiratório e o sistema circulatório, prejudicando o organismo do animal como um todo. Em casos crônicos, eles podem levar o animal a óbito. Além disso, a falta de vermifugação também afeta a saúde humana.

Os vermes presentes no organismo do gato podem ser facilmente espalhados para os humanos, o que pode comprometer seriamente a saúde dos tutores. Por isso, é importante incluir a vermifugação regular em sua rotina de cuidados com o gato.

  1. Busque uma medicação com aplicação tópica: a administração tópica do vermífugo evita a intolerância digestiva que geralmente ocorre com a administração de vermífugos orais.
  2. Conheça o Feline Endospot: este vermífugo é aplicado na pele do gato e elimina a necessidade de medicação oral. Além disso, uma única dose é terapêutica.
  3. Aplicação tópica vs. administração oral: muitos vermífugos são oferecidos em comprimidos ou líquidos e são difíceis de administrar sem causar estresse no gato.
  4. Vermifugar em menos de 1 minuto: a aplicação do vermífugo deve ser rápida e precisa, geralmente levando menos de um minuto.
  5. Proteção para toda a família: a vermifugação regular é uma medida importante para proteger tanto o gato como os membros da família contra possíveis doenças.

Como dar vermífugo para filhotes e adultos? A periodicidade da vermifugação varia de acordo com a idade e as características do animal, por isso, é importante consultar um veterinário para determinar a dosagem correta.

Gato com Olho Lacrimejando
Gato com Olho Lacrimejando

Para administrar o vermífugo em comprimido, é recomendável segurar o gato com firmeza com uma mão enquanto se coloca o comprimido na boca com a outra. Em seguida, deve-se fechar suavemente a boca do gato e massagear sua garganta, estimulando o animal a engolir o comprimido. Filhotes podem receber o vermífugo em sachê ou em suspensão líquida, já que a dosagem pode ser facilmente ajustada.

Considerações finais A vermifugação é uma prática essencial para garantir a saúde do seu gato e proteger toda a família contra possíveis doenças. Com as dicas acima, é possível dar o vermífugo para o seu gato sem estresse e de forma rápida e eficaz. Consulte sempre um veterinário para determinar a dosagem correta e a periodicidade adequada de vermifugação para o seu felino.

Dicas para dar vermífugo para gatos sem estresse

Dar remédio para gatos pode ser uma tarefa difícil, já que a maioria dos felinos não gosta de tomar medicação e pode tornar a experiência estressante, tanto para o tutor quanto para o animal. Por isso, separamos 5 dicas práticas e eficazes para você vermifugar o seu gato sem estresse:

  1. Busque uma medicação com aplicação tópica: Dar vermífugo para gatos oralmente pode causar intolerâncias digestivas e até mesmo vômitos no animal. Por isso, é aconselhável escolher um medicamento com aplicação tópica, que é mais tolerável e não causa tanto estresse para o gato.
  2. Conheça o Feline Endospot: O Feline Endospot é um vermífugo com dose completa e sem estresse, que é aplicado diretamente na pele do gato. Com esse medicamento, o animal fica tranquilo durante a aplicação, sem arranhões ou mordidas acidentais. Uma única dose já é terapêutica e a aplicação é simples e prática, levando menos de 1 minuto. Além disso, vermifugar o seu gato regularmente previne doenças que afetam tanto os felinos como os humanos, uma vez que os parasitas internos podem ser transmitidos para os tutores.
  3. Aplicação tópica vs. administração oral: A aplicação tópica é mais tolerável e menos estressante para os gatos do que a administração oral. Com a aplicação tópica, o Feline Endospot é aplicado diretamente na pele do animal, o que evita possíveis problemas com a ingestão do medicamento oral. Já a administração oral é mais comum, mas pode ser mais complicada e estressante para o gato e o tutor.
  4. Vermifugar em menos de 1 minuto: Com o Feline Endospot, a aplicação é rápida e prática, levando menos de 1 minuto para vermifugar o seu gato. É uma opção muito mais eficiente e menos estressante do que a administração oral.
  5. Proteção para toda a família: Vermifugar o seu gato regularmente, seja com aplicação tópica ou administração oral, é importante para garantir a saúde do animal e prevenir doenças que possam ser transmitidas para os tutores. Com o Feline Endospot, a proteção é para toda a família, já que o medicamento é eficaz contra uma ampla gama de parasitas internos.
tártaro em gatos
tártaro em gatos

Em suma, escolher um medicamento com aplicação tópica como o Feline Endospot pode tornar a tarefa de dar vermífugo para gatos muito mais fácil e menos estressante. Lembre-se de vermifugar o seu gato regularmente, seguindo as orientações do seu médico veterinário e garantindo a saúde do animal e de toda a família.

Como dar vermífugo para filhotes e adultos


A vermifugação deve ser feita de forma periódica em filhotes e adultos. Cada veterinário possui uma indicação de acordo com as características e a rotina do animal, mas, no geral, filhotes devem ser vermifugados com maior frequência do que os adultos.

A primeira dose do vermífugo para filhotes deve ser administrada a partir dos 15 dias, mais ou menos quando eles abrem os olhos. A medicação pode ser feita três dias consecutivos ou apenas em dose única. Ao escolher dar vermífugo para seu filhote em dose única, lembre-se de repetir o procedimento após duas semanas para garantir a eliminação total dos vermes.

Já em adultos, o ideal é que a vermifugação seja feita a cada seis meses, mas pode variar de acordo com a região e equipe veterinária responsável pelo animal.

A forma mais comum de administração de vermífugos para gatos é em comprimidos. Os comprimidos podem ser escondidos na comida, em caso dos felinos não aceitarem a administração diretamente pela boca. Para facilitar ainda mais o processo, é possível utilizar um aparelho próprio para a administração de comprimidos em gatos, facilitando a introdução do medicamento na garganta do animal e evitando possíveis estresses.

Gato com dificuldade de respirar
Gato com dificuldade de respirar

Existem também os vermífugos em sachê, que geralmente são associados ao momento positivo de recompensa ao animal. A apresentação em sachê é muito recomendada por ser menos traumática e ter menos efeitos colaterais.

Já o vermífugo líquido é bastante comum para filhotes, já que a dosagem pode ser reduzida. O líquido deve ser administrado com uma seringa diretamente na boca do felino, tomando o cuidado para não deixar o animal engasgar.

ouvido de gato
ouvido de gato

Independentemente da escolha da forma de administração do vermífugo, é importante seguir as recomendações do médico veterinário e levar em conta as características e limitações de cada animal. Dessa forma, é possível garantir a melhor saúde para o seu gato e para toda a família.

Considerações finais

Vermifugar seu gato é uma parte importante dos cuidados com sua saúde e bem-estar. Com as dicas práticas que compartilhamos acima, você pode facilmente dar vermífugo para seu gato sem estresse. Lembre-se de seguir a periodicidade recomendada pelo veterinário e escolher o tipo de vermífugo mais adequado para sua situação.

Com essa rotina, você estará protegendo não só seu gato, mas também sua família contra possíveis infestações e doenças. Cuide bem do seu pet e verifique com seu veterinário para obter mais informações sobre o manejo da saúde dele.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *