×

Cachorro salivando muito? O que fazer

cachorro salivando

Cachorro salivando muito? O que fazer

“Cachorro salivando muito? Descubra quando é motivo de preocupação”

Você já notou que o seu cachorro está babando mais do que o normal? Isso pode ser um sinal de alerta e é importante saber identificar quando a salivação excessiva é preocupante.

Neste artigo, você aprenderá as possíveis causas para esse comportamento, o que fazer em cada situação e como prevenir problemas de saúde no seu pet. Acompanhe!

Por que os cachorros salivam?

Você já notou o seu cachorro salivando muito? Saiba que, em alguns casos, essa pode ser uma reação normal do corpo. No entanto, existem momentos em que a salivação excessiva pode ser um sinal de alerta para problemas de saúde.

Produção natural de saliva

Assim como os humanos, os cachorros também produzem saliva como um processo natural do corpo. Essa saliva desempenha diversas funções importantes, como auxiliar no processo digestivo e regular o pH estomacal.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

Momentos de alegria

Os cachorros também podem salivar mais em momentos de alegria e entusiasmo, como quando estão brincando ou recebendo carinho. Isso ocorre porque a presença do dono ou o ato de brincar com brinquedos ativa o instinto natural de caça do animal.

Embora a salivação seja comum em diversas situações, é importante ficar atento para a salivação excessiva. Afinal, pode ser um sinal de alerta para problemas de saúde do seu pet.

Quando a salivação excessiva é preocupante?

Observar o cachorro salivando um pouco mais que o normal não significa necessariamente um problema. A saliva é uma das substâncias mais importantes para o funcionamento do corpo do pet, ajudando em processos cotidianos, como a etapa de digestão ao facilitar a descida do alimento pela garganta, bem como regular o pH estomacal.

Essas funções explicam por que os bichinhos tendem a produzir mais saliva quando estão diante de uma comida que adoram. É como se o cérebro estivesse avisando: “prepare-se que vai ter comida!”. No entanto, em alguns casos, uma salivação excessiva pode indicar a existência de problemas de saúde e até mesmo ser preocupante.

Identificar esses casos nos quais a anormalidade na saliva pode representar um sinal de alerta é uma tarefa desafiadora, e é importante saber como fazer isso para garantir o bem-estar do seu companheiro.

Aumento na quantidade de saliva produzida: como regra geral, qualquer mudança no comportamento ou na aparência do cachorro devem acender o sinal de alerta. Se há aumento na quantidade de saliva produzida, é importante prestar atenção e procurar ajuda médica o quanto antes.

Mudança na cor ou textura da saliva: outra mudança que pode indicar um problema é uma alteração na cor ou textura da saliva. A baba de cachorro costuma ser transparente e viscosa. Se notar que a baba muda de cor ou textura, é importante procurar orientação de um médico-veterinário.

Sintomas acompanhantes: a salivação excessiva pode estar acompanhada de outros sintomas, como quando o cachorro está tremendo e babando, com febre, vômitos, diarreias, entre outros sintomas anormais. Nesses casos, também é importante procurar ajuda médica o quanto antes.

barriga de cachorro
barriga de cachorro

Quando procurar ajuda médica: se o seu cão está sofrendo de salivação excessiva acompanhada de sintomas anormais, ou mesmo que apenas esteja produzindo bastante saliva, procure um médico-veterinário com urgência para cuidados e orientações. É importante prezar pelo bem-estar do seu peludinho sempre. Quanto antes descoberto o problema, melhor será sua recuperação.

Alguns problemas de saúde podem causar a salivação excessiva em cães. Porém, somente um veterinário, após uma consulta, poderá dizer com segurança qual é a causa da sialorreia em cães. Fique atento a alguns sinais que acompanham o excesso de saliva, como náuseas, intoxicação alimentar, golpes de calor, problemas bucais, dificuldade para deglutir e doenças graves, como a cinomose e a raiva.

Tenha em mente a importância de garantir a saúde do seu animalzinho. Cuidar dele é uma responsabilidade única e deve ser encarada com muita atenção e carinho. Mantenha as consultas e acompanhamento do veterinário em dia e, diante de qualquer dúvida ou suspeita, recorra à ajuda especializada. Cuide de quem sempre esteve lá por você em todas as horas!

O que pode ser quando o cachorro está babando muito?

Não é incomum ver um cachorro salivando um pouco mais do que o normal, principalmente quando se trata de alimentos que eles adoram. Entretanto, a salivação excessiva pode ser um sinal de alerta para problemas de saúde.

Vamos conhecer as principais causas de sialorreia em cães:

Náuseas

A saliva ajuda a regular o pH estomacal, portanto, é natural que ocorra um aumento da produção de saliva em caso de enjoo decorrente de alimentação inadequada. Esse aumento também pode ocorrer nos enjoos durante o transporte em veículo automotivo.

Intoxicação alimentar

Algumas substâncias também podem levar à produção excessiva de saliva. Nesse sentido, fique atento à presença de outros sintomas, como tremores e letargia. Em caso de suspeita, procure um médico-veterinário imediatamente.

Golpes de calor

A salivação é um dos mecanismos dos cães para regular a temperatura corporal. Em dias de calor excessivo ou após atividades físicas intensas, é provável que o cão salive mais que o normal. Nesses casos, é importante levar o pet para um local com temperaturas mais amenas e procurar refrescá-lo com urgência, se necessário com a ajuda de gelo ou de uma toalha molhada.

cachorro no veterinario
cachorro no veterinario

Mais comuns em cães braquicefálicos, os golpes de calor podem causar perda de consciência e até morte.

Problemas bucais

Excesso de tártaro, fraturas dentais e infecções na boca também podem levar ao excesso da produção de saliva. Portanto, atente-se em relação aos cuidados bucais do pet para evitar a sialorreia.

Dificuldade para deglutir

A saliva produzida pela glândula salivar é normalmente deglutida pelo pet. Sendo assim, quando há algum problema que dificulte a deglutição, como a presença de tumores ou lesões na garganta, a sialorreia é um dos sintomas esperados.

Doenças graves

A sialorreia também pode ser um sintoma de doenças graves, como a cinomose e a raiva. Em caso de suspeita de alguma dessas doenças, é importantíssimo procurar um veterinário imediatamente para o diagnóstico correto e o tratamento adequado.

Afinal, o que fazer quando notar que o seu pet está babando muito?

Se você notar que o seu pet está salivando mais que o normal, procure um especialista para avaliar o quadro e identificar o problema. Além disso, preste atenção aos sintomas que acompanham a sialorreia e relate ao profissional, pois eles podem ajudar no diagnóstico.

O tratamento para a sialorreia em cães depende da causa subjacente e pode variar de acordo com o quadro clínico de cada animal. O veterinário poderá prescrever um tratamento não medicamentoso ou indicar medicamentos para controle da produção de saliva.

Entretanto, é importante lembrar que somente um especialista pode determinar a causa da sialorreia e recomendar o melhor tratamento para o seu pet.

Prevenir é sempre a melhor maneira de evitar problemas de saúde em cães. Mantenha os cuidados bucais em dia e evite que ele tenha acesso a alimentos ou objetos que possam causar intoxicação. Além disso, mantenha-o sempre hidratado, principalmente em dias quentes, respeite o limite físico dele na hora do exercício e procure sempre um especialista em caso de suspeita de problemas de saúde.

Assim, o seu pet poderá ter uma vida saudável e feliz!

Sinais de Gastrite em Cachorro
Sinais de Gastrite em Cachorro

Tratamento

A salivação excessiva pode causar incômodo tanto para o cachorro quanto para o tutor. Por isso, é importante buscar ajuda médica assim que possível. O veterinário irá realizar um diagnóstico a fim de identificar a causa do problema.

Em muitos casos, a salivação excessiva pode ser tratada com medicamentos específicos prescritos pelo médico-veterinário. No entanto, o tratamento pode variar de acordo com a causa identificada. Em casos mais graves, pode ser indicada uma cirurgia para cessar o problema.

Além do tratamento medicamentoso, é possível adotar algumas medidas simples para diminuir a salivação em excesso do pet. Uma delas é manter o cachorro sempre hidratado, proporcionando sempre água fresca e limpa. No caso de problemas bucais, é importante manter uma rotina de cuidados com os dentes do pet, como escovação regular e visitas frequentes ao veterinário para limpeza profissional.

Em dias quentes ou após atividades físicas, é indicado proporcionar um ambiente fresco e confortável para o cachorro. Além disso, é importante evitar alterações na alimentação do animal e oferecer refeições com frequência.

Em resumo, o tratamento da salivação excessiva varia de acordo com a causa identificada pelo médico-veterinário. O tratamento pode envolver medicamentos específicos, cirurgia ou mudanças simples na rotina do pet, como manter o animal hidratado e evitar alterações na alimentação. O importante é buscar ajuda sempre que notar algum comportamento fora do comum em seu pet.

Displasia em Cães e Gatos
Displasia em Cães e Gatos

Prevenção

Para prevenir a salivação excessiva em cachorros, é fundamental adotar algumas medidas básicas para garantir a saúde dos pets. Afinal, quanto mais cuidados preventivos, menor a chance de complicações futuras.

Algumas medidas simples incluem os cuidados com os dentes, que precisam ser escovados diariamente. Os tutores podem utilizar escovas e pastas próprias para pets, encontradas em lojas veterinárias e pet shops.

Manter o seu pet sempre hidratado também é essencial, pois a desidratação pode causar uma série de problemas de saúde, inclusive a salivação excessiva. Além disso, é importante evitar problemas alimentares, oferecendo uma dieta balanceada e saudável. Isso inclui evitar oferecer alimentos ricos em açúcar, sódio e gorduras.

Outra questão importante na prevenção da salivação excessiva em cachorros é o cuidado com as altas temperaturas. O excesso de calor pode causar problemas sérios para os pets, inclusive levando ao aumento da salivação. É fundamental garantir que o pet tenha sempre água fresca disponível, evitar passeios em horários de pico de calor e nunca deixá-los presos dentro de carros quentes.

Em suma, cuidados com a higiene bucal, hidratação adequada, dieta balanceada e prevenção contra o excesso de calor são medidas simples que podem fazer toda a diferença na prevenção da salivação excessiva em cachorros. Lembrando sempre que a prevenção é a melhor forma de garantir a saúde e o bem-estar dos nossos pets.

Conclusão

Não deixe o excesso de saliva do seu cachorro passar despercebido! Procure ajuda médica sempre que notar um aumento na produção de saliva, mudanças na cor ou textura da baba ou sintomas acompanhantes como vômitos, febre e diarreias.

O veterinário poderá diagnosticar a causa da sialorreia e recomendar o tratamento mais adequado para o seu peludo. Além disso, lembre-se de cuidar da saúde do seu pet de forma preventiva, evitando problemas alimentares, mantendo-o hidratado e protegendo-o em dias quentes.

Seu peludo agradece!

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link