×

Cachorro com Nariz Escorrendo: Causas e Tratamentos

Cachorro com Nariz Escorrendo: Causas e Tratamentos

Cachorro com Nariz Escorrendo: Causas e Tratamentos

Cachorro com Nariz Escorrendo: Causas e Tratamentos

Se você é tutor de um cachorro, com certeza já percebeu como o nariz do seu amigo peludo está sempre úmido e gelado. Isso porque o focinho dos cães é uma das estruturas responsáveis por regular a temperatura do seu corpo.

Mas, e quando o cachorro está com o nariz escorrendo? Esse é um sinal de que algo pode não estar bem. Nesse artigo, vamos falar sobre as causas e tratamentos para esse problema.

Afinal, é fundamental que você saiba como identificar quando o seu pet precisa de ajuda e o que fazer nesses casos. Então, continue lendo para saber mais!

Por que o nariz do cachorro escorre?

O nariz do cachorro é um órgão complexo e muito importante para o animal, pois através dele que o cachorro explora o mundo, as pessoas, os alimentos e outros animais. Por isso, é importante saber que a presença de secreção nasal não é nada normal. O cachorro com nariz escorrendo pode ser sinal de que há algo de errado com a saúde do pet, é preciso ficar alerta para perceber problemas mais graves.

A função do nariz do cachorro

O focinho dos cachorros é uma das estruturas responsáveis por regular a temperatura corporal do pet. Além disso, é por meio do olfato que os cães se orientam, se protegem e se relacionam com outros animais e pessoas.

cachorro com peso saudável
cachorro com peso saudável

Coriza em cachorros

Quando o nariz do cachorro está escorrendo, é um sinal de que há algo de errado com a saúde do pet. A coriza é uma reação esperada do organismo, que acontece quando a mucosa nasal fica irritada ou inflamada. Isso pode acontecer por vários motivos tanto físicos quanto biológicos.

Causas da coriza em cachorros

Entre as causas mais comuns que deixam o nariz do cachorro escorrendo, podemos citar:

Alergia

Caso o nariz do cachorro esteja escorrendo após inalar um perfume ou produto com um aroma forte, pode ser um sinal de alergia. Como os pets têm uma grande quantidade de alérgenos ambientais, vale manter o foco na prevenção para evitar a ocorrência dessas ocorrências.

Resfriado ou pneumonia

Assim como os humanos, os cachorros também podem pegar resfriados. Tosse e nariz escorrendo, por exemplo, podem sugerir que o cachorro tenha tosse dos canis ou pneumonia.

Infecções

Infecções bacterianas ou virais também podem deixar o focinho do pet escorrendo. É preciso estar atento aos sinais de infecções no animal, que podem incluir fraqueza muscular, febre e perda de apetite.

Cachorro tomando Chá de Boldo
Cachorro tomando Chá de Boldo

Tumores

Infelizmente, a presença de tumores na região do nariz pode deixar o nariz do cachorro escorrendo. Essa condição pode estar associada com sangramentos no nariz.

Os sinais clínicos mais comuns

Cachorro com olhos com secreção e nariz escorrendo; Tosse; Alteração no odor perto da boca e do nariz; Apatia; Febre; Relutância em comer. É importante lembrar que os sinais clínicos clássicos que acompanham o nariz do cachorro escorrendo podem variar em intensidade e frequência, dependendo da causa do problema. No próximo tópico, iremos falar sobre como tratar o nariz escorrendo em cachorro.

Cachorro com nariz escorrendo: o que pode ser?

Ver o cachorro com nariz escorrendo pode ser preocupante para qualquer tutor. Afinal, o nariz é uma das principais ferramentas dos cães para explorar o mundo. Além disso, a secreção pode indicar que o pet está doente.

Mas, afinal, o que pode causar o nariz do cachorro escorrendo?

Cães também podem sofrer com alergias, assim como seus tutores. O nariz escorrendo pode ser um dos sintomas, especialmente quando o pet tem contato com alguma substância que causa irritação. Esse tipo de coriza costuma ser intermitente e estar associado a outros sintomas, como coceiras e olhos lacrimejantes. É importante descobrir a causa da alergia e, se possível, evitar o contato com ela.

Sim, cachorros também podem ficar resfriados ou ter pneumonia. A infecção pode causar coriza, tosse, espirros e febre. No caso da pneumonia, o quadro pode ser mais grave e até mesmo exigir hospitalização. Por isso, é importante monitorar os sintomas e levar o cachorro ao veterinário para fazer o diagnóstico correto e iniciar o tratamento.

Infecção Urinária em Cachorro
Infecção Urinária em Cachorro

Outras infecções virais ou bacterianas também podem causar nariz escorrendo em cachorro. Algumas delas são a cinomose, a parainfluenza e a dirofilariose. Além da coriza, essas doenças podem apresentar outros sintomas, como tosse, falta de apetite e letargia. O tratamento depende do diagnóstico e pode incluir o uso de medicamentos e medidas de suporte.

Embora seja mais raro, o nariz que escorre também pode ser sinal de tumor nasal. A condição é mais comum em cães idosos e de raças grandes. Além do corrimento nasal, outros sintomas podem ser observados, como dificuldade para respirar e deformidades no focinho. O diagnóstico é feito por meio de exames de imagem e o tratamento pode envolver cirurgia ou radioterapia.

Por fim, um corpo estranho no nariz também pode causar coriza em cachorro. Isso pode acontecer quando o pet aspira objetos pequenos, como sementes ou pedaços de brinquedos. Nesses casos, o próprio organismo do cachorro pode expelir o objeto, ou pode ser necessário realizar a remoção por um médico-veterinário.

Ao perceber que o cachorro está com nariz escorrendo, é importante levar o pet ao veterinário o mais rápido possível para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado. Quanto mais cedo o diagnóstico for feito, maiores as chances de sucesso no tratamento.

Tratamento para nariz escorrendo em cachorro

Quando notamos o nariz do cachorro escorrendo, nosso primeiro instinto é procurar ajuda imediata. De fato, o correto é encaminhar o pet para uma avaliação médica. No entanto, também é possível realizar alguns cuidados em casa que ajudam a aliviar a congestão nasal.

Primeiros cuidados em casa

Assim como nós, os cachorros também podem sentir desconforto durante um episódio de nariz escorrendo. Para ajudar a aliviar a condição do pet, alguns cuidados podem ser tomados em casa. É importante lembrar que essas medidas não substituem a consulta veterinária, mas ajudam a diminuir a irritação e o desconforto do animal.

  • Deixar o pet descansando em um local adequado e confortável, evitando correntes de ar;
  • Umidificar o ambiente em que ele se encontra, com ajuda de um umidificador de ar ou deixando uma bacia com água próxima ao local em que ele está;
  • Oferecer comidas e bebidas quentes para ajudar a desobstruir as vias nasais do pet;
  • Fazer a limpeza do focinho do cachorro com água morna e uma toalha limpa, retirando o excesso de secreção;
  • Se possível, colocar o animal para inalar vapor por alguns minutos. Por exemplo, fazer uma compressa de água quente embaixo da bacia em que ele está.

Medicação prescrita pelo veterinário

Apenas um médico veterinário pode indicar o tratamento adequado para o pet com nariz escorrendo. Isso porque a causa do problema pode variar bastante, e a medicação apropriada irá depender da condição de saúde do animal.

De forma geral, é comum que o veterinário receite antibióticos e anti-inflamatórios para tratar a infecção, caso haja. Ele também pode orientar o uso de descongestionantes e lavagens nasais com soro fisiológico para aliviar a congestão. É fundamental seguir rigorosamente as orientações do profissional para garantir que o tratamento será efetivo e não irá prejudicar a saúde do pet.

Remédios caseiros para nariz escorrendo em cachorro

O uso de remédios caseiros para tratar a congestão nasal dos cachorros é um assunto controverso entre os profissionais. Alguns veterinários consideram que as receitas caseiras podem trazer alívio ao animal, enquanto outros afirmam que elas não possuem efetividade comprovada. De qualquer forma, é importante lembrar que a automedicação pode ser perigosa para o pet e, em caso de dúvidas, é fundamental procurar ajuda profissional.

Entre os remédios caseiros mais comuns estão o uso do chá de camomila, eucalipto e a hortelã. O chá deve ser oferecido morno para o pet e sem adição de açúcar. No caso do eucalipto e da hortelã, essas plantas possuem propriedades mentoladas que podem ajudar a aliviar a congestão nasal. No entanto, o uso dessas plantas deve ser orientado por um veterinário, pois o excesso pode ser prejudicial à saúde do animal.

Como prevenir o nariz escorrendo em cachorro? A prevenção do nariz escorrendo em cachorro é possível, mas exige alguns cuidados na rotina alimentar e de higiene do pet. Confira algumas dicas:

  • Ofereça alimentação de qualidade e adequada às necessidades do pet;
  • Mantenha o animal sempre hidratado;
  • Evite exposição a ambientes com muita poeira, mofo e outros alérgenos;
  • Mantenha a higiene adequada do pet, tomando banhos regulares e escovando o pelo diariamente;
  • Consulte um veterinário regularmente para acompanhamento da saúde do animal;

O nariz escorrendo em cachorro pode ser um sinal de que algo não está bem com a saúde do animal. Por isso, é fundamental procurar a ajuda de um médico veterinário para diagnosticar a causa do problema e iniciar o tratamento adequado.

Além disso, é importante que o tutor siga as orientações do profissional e realize os cuidados necessários em casa para aliviar a congestão do pet. Com essas medidas preventivas e corretivas, é possível garantir a saúde e o bem-estar do animal.

Como prevenir o nariz escorrendo em cachorro?

Manter o seu pet saudável é a chave principal para prevenir muitos problemas, incluindo nariz escorrendo. Certifique-se de que o seu cachorro receba acompanhamento veterinário regularmente, isso ajuda a garantir que as vacinas se mantenham atualizadas e, mais importante, que qualquer problema de saúde seja detectado precocemente.

Prevenir alergias é outra maneira de evitar nariz escorrendo em cachorro. Infelizmente, as alergias em cães são muito comuns, mas você pode reduzir a exposição do seu pet a alérgenos conhecidos, como poeira, mofo e pólen. Além disso, muitos cães são alérgicos a certos alimentos, portanto, evite dar ao seu pet comidas que contenham ingredientes que possam desencadear uma reação alérgica.

Prevenir infecções é outra forma de manter o nariz do seu cachorro saudável. Lembre-se de manter o ambiente do seu cão limpo e seco, assim como manter o comedouro e a água dele limpos. Evite locais com muitos cães onde a transmissão de doenças é mais fácil.

cachorro com filhote morto
cachorro com filhote morto

Manter a higiene adequada do seu pet também é uma forma de prevenir nariz escorrendo. Certifique-se de escovar os dentes do seu cão regularmente para prevenir infecções orais, que podem se espalhar para o nariz dele.

Seguindo essas dicas, você pode ajudar a garantir que o seu pet tenha um nariz saudável e evite problemas, como nariz escorrendo. Lembre-se, é sempre melhor prevenir do que remediar, então mantenha-se atento à saúde do seu peludo e procure ajuda veterinária assim que notar qualquer sinal de problema.

Conclusão

Prevenção é sempre o melhor remédio quando se trata de cuidar do seu cachorro. Mantenha-o saudável com visitas regulares ao veterinário e com uma boa dieta. A prevenção de alergias e infecções é fundamental, assim como manter a higiene adequada do pet. Além disso, fique atento aos primeiros sinais de nariz escorrendo em seu pet e siga as instruções do seu veterinário para tratar o problema.

Lembre-se de que o nariz do cachorro é uma das estruturas mais importantes do seu corpo, responsável por regular sua temperatura corporal e explorar o mundo, então sempre preste atenção aos sinais de que algo pode estar errado. Cuide do seu pet com amor e responsabilidade e ele continuará a alegrar sua vida por muitos anos.

Publicar comentário

  • Facebook
  • X (Twitter)
  • LinkedIn
  • More Networks
Copy link